Skip to the main content.
Os 7 Principais Países Amigáveis Às Criptomoedas Do Mundo

5 minutos de leitura

Os 7 Principais Países Amigáveis Às Criptomoedas Do Mundo

Nos últimos anos, à medida que as perspectivas econômicas de inverno se estabelecem, vários governos em todo o mundo endureceram as regulamentações em torno das criptomoedas. Em 2018, a China baniu efetivamente as trocas de criptomoedas. Em fevereiro de 2022, o Banco Popular da China reprimiu as plataformas de empréstimos online P2P, deixando os investidores de criptomoedas na China com a opção de vender todos os seus ativos ou encontrar outro lugar para morar.

Padrões semelhantes de regulamentação governamental ocorreram no Equador, Bangladesh e Islândia, com o Egito chegando a considerar as criptomoedas ilegais. Nos últimos meses, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA falou publicamente sobre o que vê como uma necessidade de mais proteção ao consumidor no mercado de criptomoedas, com comentários de instituições governamentais de países como Austrália e Europa fazendo declarações semelhantes.

Toda essa conversa de incursão e regulamentação pode dar a impressão de que os dias estão contados para os investidores em criptomoedas. No entanto, felizmente, ainda há uma infinidade de países que estão do lado mais amigável quando se trata de criptomoedas. Vamos dar uma olhada em 7 dos melhores países do mundo para investidores em criptos.

 

Praia El Tunco, El Salvador

Praia El Tunco, El Salvador

El Salvador

Quando você pensa em países amigos das criptomoedas, El Salvador é o primeiro que vem à mente. Em 2021, o presidente Nuyib Bukele introduziu o bitcoin como moeda legal comprometida em integrar a criptomoeda com sucesso à economia de El Salvador. O governo de El Salvador implementou isso emitindo a todos os seus cidadãos uma carteira digital de US$ 30 e lançando 200 caixas eletrônicos de Bitcoin por todo o país. Apesar dos recentes desafios econômicos, El Salvador permaneceu firme em seu compromisso, comprando bitcoins adicionais e trabalhando para criar um cassino criptográfico, mais infraestrutura e uma cidade focada em bitcoin para inspirar o comércio internacional. Sem impostos sobre propriedade, renda ou ganhos de capital e um presidente incentivando entusiasticamente o criptoturismo, é evidente por que El Salvador aparece no topo da nossa lista de países amigos das criptomoedas.

 

Conteúdo relacionado: Como se inscrever para residência em El Salvador

 

Parque Merlion, Singapura

Parque Merlion, Singapura

Singapura

Cingapura rapidamente se tornou um centro de criptomoedas, com regulamentações recentes tornando-a um destino favorável para negociação e investimento em bitcoin. Em 2014, o governo do país lançou uma iniciativa chamada Projeto Ubin, que analisou o uso potencial da tecnologia blockchain no setor financeiro. Essa postura ativa em relação às moedas digitais atraiu a atenção de empresas globais de criptomoedas, com várias optando por estabelecer escritórios em Cingapura. Embora a Autoridade Monetária de Cingapura tenha implementado mais regulamentos do que El Salvador, eles ainda apresentam muitas das mesmas vantagens: sem impostos sobre propriedade, renda ou ganhos de capital. Com sua abordagem de visão de futuro e investimento de longo prazo na tecnologia blockchain, Cingapura está posicionada para ser um participante significativo no mundo do bitcoin e outras moedas digitais. Não é surpresa que mais e mais indivíduos e empresas estejam migrando para essa nação amiga da tecnologia para se envolver no crescente mercado de criptomoedas.

 

Para tudo o que você precisa saber sobre residências, segundo passaporte e proteção patrimonial, leia este artigo: O básico de como obter um segundo passaporte ou uma segunda residência.

 

Valeta, Malta

Valeta, Malta

Malta

Além de ser uma bela localidade mediterrânea, Malta está rapidamente se tornando um centro para entusiastas de criptomoedas. Em 2018, o país aprovou três projetos de lei para regular o setor de criptomoedas e estabelecer Malta como uma jurisdição amigável ao blockchain. O governo também lançou seu próprio programa para treinar profissionais em tecnologia blockchain e atrair grandes players do mercado global de moedas virtuais, como a Binance, para abrir escritórios em Malta. Alguns apelidaram Malta de "a Ilha Blockchain", e seu primeiro-ministro expressou confiança no potencial das moedas virtuais e da tecnologia blockchain para contribuir para o crescimento econômico. Com seus regulamentos com visão de futuro, Malta continua a consolidar sua posição como líder no mundo das criptomoedas em rápida evolução.

 

Conteúdo relacionado: Programa de Residência em Malta

 

Lagoa Erakor, Vanuatu

Lagoa Erakor, Vanuatu

Vanuatu

Voltamos nossa atenção para outra bela nação insular: Vanuatu. Vanuatu ainda não apresentou nenhum regulamento formal sobre criptomoedas. No entanto, você pode obter cinco anos de cidadania para indivíduos que investem mais de US$ 200.000 em bitcoin na economia do país. Além de oferecer um ambiente de impostos baixos e procedimentos fáceis de incorporação para negócios baseados em bitcoin, Vanuatu também possui uma beleza natural impressionante, tornando-se um destino atraente para nômades digitais e entusiastas de criptomoedas. As conexões de Vanuatu com a comunidade de criptomoedas também são aparentes no projeto Satoshi Island. Tomando forma na Ilha Lataro, o projeto Satoshi Island vê um grupo de empreendedores de criptomoedas procurando criar uma cidade baseada em criptomoedas, permitindo que os entusiastas façam compras, comprem uma propriedade e trabalhem localmente em criptomoedas. Oferecendo um total de 21.000 cidadanias locais baseadas em NFT, com 80.000 ofertas já em vigor, Vanuatu pode desempenhar um papel central no futuro da criptomoeda.

 

Conteúdo relacionado: O Programa de Cidadania por Investimento de Vanuatu é ideal para você

 

Lisboa, Portugal

Lisboa, Portugal

Portugal

Com um histórico de hiperinflação, Portugal tem sido franco na aceitação da criptomoeda, desenvolvendo até “zonas de livre comércio digital” para incentivar a participação. Não só é um dos poucos países sem imposto sobre ganhos de capital sobre investimentos em criptomoedas, mas Portugal também tem um número crescente de empresas que aceitam pagamentos em bitcoin. Um exemplo notável é o Casual Hotel, que oferece aos hóspedes a opção de pagar sua estadia com bitcoin. Além disso, Portugal também mostrou apoio à tecnologia blockchain por meio de iniciativas como um hackathon patrocinado pelo governo focado em encontrar usos inovadores para blockchain. Com a sua postura acolhedora em relação às criptomoedas, Portugal é um exemplo para outros países que procuram abraçar esta tecnologia em rápida evolução.

 

Conteúdo relacionado: Os benefícios de obter um visto D7 para Portugal

 

Bern, Switzerland

Berna, Suíça

Suíça

A Suíça é conhecida há muito tempo como um centro financeiro e líder em inovação, e não é surpresa que eles tenham abraçado o potencial do bitcoin e outras criptomoedas. O governo suíço liderou os esforços para regular e proteger o setor, apoiando startups que experimentam a tecnologia blockchain. De fato, várias grandes empresas optaram por estabelecer sua sede em “Crypto Valley”, uma área na Suíça dedicada ao desenvolvimento de criptomoedas. O país também abriga vários caixas eletrônicos de bitcoin e aceita bitcoin como pagamento por alguns serviços públicos. À medida que mais países lutam para desenvolver diretrizes claras para essa nova tecnologia, a Suíça está abrindo caminho com sua abordagem proativa para o desenvolvimento de blockchain. Provavelmente continuaremos a ver a Suíça na vanguarda da revolução das criptomoedas.

 

Conteúdo relacionado: Mantendo seus ativos seguros com uma fundação suíça

 

Tallin, Estônia

Tallin, Estônia

Estônia

A Estônia está à frente do jogo quando se trata de adotar a moeda digital. A partir de 2014, o governo do país começou a aceitar bitcoins para diversos serviços, desde a declaração de impostos até o registro de empresas. Embora o lendário "Estcoin" tenha desaparecido, o país possui uma das velocidades de internet mais rápidas do mundo. Possui um sistema de governo eletrônico altamente desenvolvido, tornando a Estônia uma excelente opção para empreendedores de criptomoedas. Além disso, a Estônia mostra grande clemência em relação à tributação e fornece uma taxa de licenciamento muito simples para todos aqueles que procuram fazer negócios localmente em criptomoedas. Como todas as outras opções desta lista, a Estônia não possui imposto de renda. As empresas também podem reinvestir o imposto corporativo de 20% em seus negócios com o imposto de lucro líquido local 20/80. À medida que mais países começam a considerar sua posição sobre moedas digitais como bitcoin, a Estônia mostra como a infraestrutura tecnológica de qualidade e as taxas de impostos atraentes podem ser acolhedoras para os entusiastas de criptomoedas.

 

Conteúdo relacionado: Como obter seu visto de nômade digital na Estônia

 

CONCLUSÃO

As criptomoedas são um tema de muitas divergências, desde a segurança financeira que oferece até a qual vale a pena investir em criptomoedas. No entanto, como podemos ver listado acima, os lugares estão pressionando pela criptomoeda como moeda no país. Um desses exemplos foi o República Centro-Africana, que tentou a moeda Sango como cidadania por programa de investimento e moeda oficial. Foi logo após o fechamento, mas o que importa aqui é que muitos países acreditam na revolta das criptomoedas para substituir a moeda fiduciária.

 

Relatório de Proteção Offshore


TRABALHE COMIGO

Ajudo meus clientes a se mudarem para o exterior em busca de liberdade, privacidade e autonomia, focando nas questões de imigração, legalidade e impostos que você enfrentará ao se tornar um expatriado. Se você deseja trabalhar individualmente comigo para sair do seu país de origem (ou estabelecer um local de Plano B), então leia esta importante carta e preencha um formulário de inscrição para se tornar um Cliente Privado. Meus honorários não são baratos; no entanto, posso garantir que, quando você trabalha com uma empresa profissional como a nossa, os resultados valerão a pena.

 

MELHORES DO MUNDO EXPATRIADO

Se você deseja obter as melhores informações do mundo expatriado, incluindo oportunidades lucrativas no exterior, estratégias pouco conhecidas para economizar impostos e insights valiosos sobre imigração, passaportes e residências de Plano B, tudo entregue em sua caixa de entrada todas as semanas, então junte-se à nossa correspondência diária, EMS Pulse. Atualmente apreciada por mais de 37.000 expatriados e futuros expatriados em todo o mundo. Preencha o formulário abaixo para se inscrever em nosso boletim informativo gratuito:

 

Mikkel Thorup

Written by Mikkel Thorup

Mikkel Thorup é o consultor expatriado mais procurado do mundo. Ele concentra-se em ajudar clientes privados de alta rede a mitigar legalmente as obrigações fiscais, obter uma segunda residência e cidadania, e reunir uma carteira de investimentos estrangeiros, incluindo bens imobiliários internacionais, plantações de madeira, terrenos agrícolas e outros ativos corpóreos de dinheiro vivo. Mikkel é o Fundador e CEO da Expat Money®, uma empresa privada de consultoria iniciada em 2017. Ele acolhe o popular podcast semanal, o Expat Money Show, e escreveu o #1 Best Seller Expat Secrets - How To Pay Zero Taxes, Live Overseas And Make Giant Piles Of Money.

Recent Posts

Últimas Notícias: Autoridades Fiscais Do Canadá Prestam Homenagem A Satanás Com Imposto De 66,6%

Últimas Notícias: Autoridades Fiscais Do Canadá Prestam Homenagem A Satanás Com Imposto De 66,6%

Trudeau fez isso de novo. Sob o disfarce de "taxar os ricos" e "pagar sua parcela justa", o governo canadense aprovou o orçamento de 2024, que...

Continue Reading
Colômbia De Portas Abertas: Explorando Oportunidades Imobiliárias Para Expatriados

Colômbia De Portas Abertas: Explorando Oportunidades Imobiliárias Para Expatriados

A Colômbia possui uma cultura vibrante. Cidades como Bogotá, Medellín e Cali oferecem narrativas distintas de história, inovação e renascimento,...

Continue Reading
Explorando o Paraguai: Os Melhores Pontos De Acesso Para Expatriados

Explorando o Paraguai: Os Melhores Pontos De Acesso Para Expatriados

O Paraguai é um país incrível na América do Sul que se tornou um dos meus principais países para fins de investimento, com inúmeras ofertas...

Continue Reading